terça-feira, 4 de julho de 2017

Parauapebas movimenta para se libertar da mineração



CONQUISTA DA PRIMEIRA ETAPA, AINDA HÁ CAMINHO!
O POLO GANHA NOVA VIDA















Exclusivamente minha opinião sobre a Madeira Sustentável e Coopmasp
A ação da Coopmasp via Sergel e Darci, este o primeiro político a acreditar no projeto dos serradores e investir firme, comprou e doou os terrenos do polo hoje, entregou títulos; nos permite comemorar com os moveleiros, após anos e anos de sofrimento e renuncia a este momento especial: madeira.

Trabalhamos com a cooperativa quase que desde sua fundação e temos uma forte parceria. Sonhos foram idealizados, destinos traçados desde quando se compreendeu que a madeira da supressão da floresta teria outra utilidade na terra da floresta. Agora esta chegando aos pátios e vai mudar radicalmente o modo de produzir móveis na região.

Temos ainda o projeto de transformar Parauapebas no Polo Nacional da Produção de Móveis com a madeira sustentável e acreditamos na VALE como parceira desse projeto. É a ocupação de milhares de pessoas com o que se estava perdendo.

 
E temos muito mais, largado na floresta que pode e vai se transformar em riqueza, esperança, grandeza e, para alguns, ato meramente político. Esse momento foi resultado de muito, mas muito mesmo trabalho. Sergel que o diga.  E todos aqueles que ajudaram, que compreenderam os apelos do Sergel e buscaram diálogo, transformação de leis, vasculharam todas as possibilidades para aqui chegar a este momento. Só agradecimentos.

Os outros moveleiros, agora vendo para acreditar precisam fazer sua parte no processo, buscar design, agregar valor, desvendar custos, buscar financiamentos, fazer preços, buscar legalidade. 

Queremos agora o Móvel Sustentável da Amazônia, transformar institucionalmente a forma de produção local. Temos tecnologia e capacidades, quem viu a exposição do shopping sabe. Quem faz essas maravilhas sabem.


O projeto para ampliar mercado e melhorar as relações de grupo, convivência, produção e escala foi apresentado ainda no governo anterior.

Sergel está de parabéns como presidente que acredita, que sempre buscou o novo e com sua ação rápida e eficaz, sabe buscar e manter parcerias, soube levar o projeto e agregar pessoas e entidades, a VALE se disponibilizou com todos. A liderança tenaz faz a diferença. A visão além do alcance, o voo alto e solidário, buscando para todos novas possibilidades, até para aqueles que não acreditam.

Darci esta de parabéns por ter assumido essa luta de forma decisiva. Acho que todos os atores aprenderam algo. Seu governo é o da oportunidade e no qual acreditamos. As massas assustadas com o desemprego tem soluções, as consultorias locais tem ideias, conhecimento. Essa ação de ouvir e acreditar é crucial nesse momento de virada para Parauapebas. Há muito a ser feito.

A VALE está de parabéns por se dispor a participar, a estar presente nas lutas e  outras saídas econômicas da cidade.


Darci pode fazer mais. Nossos projetos foram estruturados para gerar cinquenta e quatro mil empregos em quatro anos. Darci precisa ouvir esses projetos, acreditar e implantar. Tem uma lei de compra local que precisa ser discutida e melhorada, seria seu compromisso final com a transformação de Parauapebas, sua guinada definitiva para sair da prisão da mineração. Estamos criando novos valores. Somos local e temos profundo conhecimento das reais capacidades locais. Precisamos ser ouvidos. Somos EXCLUSIVA. Somos ON DEMAND.